Ir para o conteúdo principal

China Brasil Futebol

  1. Histórias da China >
  2. A aventura continua em Jinan

A aventura continua em Jinan

Um pouco mais das nossas histórias na China

Capítulo 2:

Olá pessoal! Estou de volta, agora para falar sobre os nossos dias em Jinan, cidade do Shandong Luneng. 

Chegamos na cidade e de cara notamos a diferença para Changchun, cidade onde mora o Marcelo Moreno. Jinan é uma cidade considerada “pequena” – com 7 milhões de habitantes – mas em uma arquitetura de cidade grande. Nos instalamos no hotel e fomos recepcionados pelo tradutor do Aloísio e Montillo que nos levou para o jogo. 

Quando chegamos ao Jinan Olympic Stadium foi um grande choque! Um estádio lindo, moderno e imponente era apenas uma amostra da grande estrutura que o Shandong Luneng oferece.  

Dentro de campo assistimos a vitória do time da casa, com gols de Aloísio e Diego Tardelli, ambos já não estão mais na equipe. A torcida cantava o jogo inteiro e atrás do gol possuía até uma banda com bumbos e bandeiras que lembravam muito algumas torcidas brasileiras. No intervalo fomos levados até uma sala montada especialmente para receber as famílias dos estrangeiros durante os jogos. Foi muito bom ouvir um pouco de português e se sentir em casa por alguns minutos. 

Após a partida fomos jantar com Aloísio e sua esposa e um restaurante da cidade. Não demorou muito para o Boi Bandido ser reconhecido por torcedores que mostraram toda sua devoção pelo atacante. Um deles, mais exaltado, chorava ao abraçar o ídolo e dizia em um inglês bem suspeito: “You is my king”. Passamos a noite toda ouvindo os relatos de Aloísio sobre a vida na China e impressionados com o seu planejamento de cada vez mais se tornar uma referência do outro lado do mundo. 

No sábado fomos ao Centro de Treinamentos do Shandong Luneng, para o treino pós jogo. Ali tivemos a oportunidade de conversar com todos os jogadores (Gil, Tardelli, Montillo, Jucilei) e com toda comissão técnica do técnico Mano Menezes. Foram horas e horas de resenha e podendo conhecer de perto a realidade deles. O que mais chamou atenção foi a estrutura do CT. São 7 campos de treinamento, academia e departamento médico equipados com materiais de última geração, 3 vestiários, quartos para concentração e um condomínio para os estrageiros morarem dentro do clube. Isso mesmo, no CT morava o Tardelli e ainda moram o Gil, Jucilei e toda comissão técnica. Apenas Montillo e Aloisio (que já estão a mais tempo na cidade) moram fora. Abaixo algumas fotos:

Fomos tão bem recebidos que acabamos ficando mais 3 dias em Jinan e aproveitamos o aniversário do Montillo e da filha mais velha do Tardelli. O senso de comunidade brasileira em Jinan era muito grande. Os jogadores, mesmo com as dificuldades, estavam em um grupo grande, com um boa estrutura.

Jinan deixou uma ótima impressão e o rumo agora era Xangai, para acompanhar Elkeson e Conca em um jogo pela Champions League. Mas isso é papo para o próximo post… 

Comentários