Ir para o conteúdo principal

China Brasil Futebol

  1. Notícias >
  2. A experiência de Dida na China

A experiência de Dida na China

Em entrevista exclusiva ao China Brasil Futebol, Dida revela seus três meses com Seedorf no Shenzhen FC

Rodolfo Mohr

O consagrado ex-goleiro da Seleção Brasileira e do Milan, Dida, não está de malas prontas para o futebol chinês.

Ao contrário do que indicaram algumas notícias, o ex-atleta não foi contratado em definitivo pelo Shenzhen FC, equipe da segunda divisão comandada por Clarence Seedorf.

“Estive a convite do Seedorf para acompanhar as partidas finais da temporada. Foram três meses na China mas já retornei para concluir o curso e obter a licença de treinador da CBF em dezembro. Sem essa licença não posso comandar equipes”, revelou com exclusividade ao China Brasil Futebol.

Dida, na verdade, exerceu as funções de assistente e consultor do Shenzhen, a convite de Seedorf. Além do dia a dia no clube, realizou trabalho de observação em jogos da Super Liga Chinesa, a primeira divisão do país.

“O futebol de lá está crescendo muito. Tecnicamente ainda são inferiores, mas os chineses estão querendo aprender e se aprimorar mais em questões táticas”, relatou.

O foco de Dida segue sendo sua formação. Concluiu o curso de Gestão Técnica da Universidade do Futebol, está fazendo fazendo o curso de treinadores na CBF e não pretende parar por aí. “Após a conclusão do curso da CBF pretendo fazer outro ano que vem na Itália”, planeja. O ex-goleiro ainda realizou um período de observação obrigatória para o curso da CBF no Internacional.

Aspectos como gestão de grupo, metodologia de treino, questões táticas e técnicas, fundamentais para a carreira de treinador, são objetos permanentes de estudo do futuro treinador.

Dida, 43 anos, é um dos maiores goleiros da história do futebol brasileiro. Conquistou a Copa do Mundo de 2002 pela Seleção Brasileira. No Brasil vestiu as camisetas do Vitória, Cruzeiro, Corinthians, Portuguesa, Grêmio e Internacional. Na Europa, defendeu o Milan por dez anos, onde foi duas vezes campeão da UEFA Champions League: em 2003 e 2007.

O Shenzhem FC é um clube da cidade de Shenzen, província de Guandong, ao sul da China, próximo a Hong Kong e a Macau. Na temporada 2016 da Liga Um Chinesa, a segunda divisão nacional, terminou em nono lugar com 40 pontos.

 

O treinador Clarence Seedor, seu auxiliar Valerio Fioti e Dida trabalharam juntos no Shenzhen FC

O treinador Clarence Seedorf, seu auxiliar Valerio Fiori e Dida na China

Comentários