Ir para o conteúdo principal

China Brasil Futebol

  1. Notícias >
  2. Ezequiel Lavezzi vive seu melhor momento na China e lidera a Super Liga em assistências

Ezequiel Lavezzi vive seu melhor momento na China e lidera a Super Liga em assistências

Meia argentino fez seus primeiros gols na atual temporada 2017

Por Leonardo Hartung

Três gols e nove assistências em 17 partidas. Os números de Ezequiel Lavezzi em pouco mais de um ano de Hebei China Fortune parecem bem tímidos. Mas não se engane. O argentino de 31 anos não é um fracasso na China e é um jogador importante na equipe do chileno Manuel Pellegrini.

Mesmo sem fazer gols, Lavezzi participou ativamente dos primeiros 10 jogos do Hebei na temporada 2016. A equipe, ainda comandada pelo chinês Li Tie, chegou até a ocupar a vice-liderança da Super Liga da China. Depois de Lavezzi partir à Copa América Centenário com a Seleção Argentina, o Hebei venceu apenas cinco dos 20 jogos restantes na competição.

Esquema do Hebei China Fortune no empate contra o Guangzhou R&F: à esquerda, o momento ofensivo e à direita, o defensivo.

A lesão sofrida no torneio nos Estados Unidos tirou Ezequiel Lavezzi do restante da temporada 2016. E para 2017, o meia argentino deixou a camisa 10 para Hernanes e retornou ao habitual número 22. No esquema de Manuel Pellegrini, Lavezzi é o armador durante os ataques do 4-2-3-1 do Hebei, e durante a marcação recebe a companhia de Aloísio em um 4-4-2.

O Boi Bandido se movimenta mais durante as partidas, executando mais tarefas defensivas que o jogador argentino. O objetivo é ter Lavezzi inteiro para fazer o que sabe melhor: dar passes decisivos. Dos seus 296 passes, 227 (77%) foram certos e 23 (10%) originaram chances de gols.

Ezequiel Lavezzi marca poucos gols, pois finaliza pouco: apenas 11 chutes em sete partidas na temporada. Em compensação, o argentino lidera o quesito de assistências da Super Liga, com seis passes para gols. Até agora, o Hebei  China Fortune marcou 16 vezes na liga chinesa.

Recentemente, o meia argentino se envolveu numa saia justa com uma foto tirada antes do início da temporada em que o jogador puxa os olhos. Porém tanto Lavezzi quando o Hebei já se desculparam utilizando suas contas no Weibo, rede social chinesa. E o meia argentino deixou a polêmica de lado na última partida contra o Guangzhou R&F, marcando um gol de placa em arrancada do meio de campo.

É importante frisar o momento do Hebei China Fortune. A equipe está em seu segundo ano na elite do futebol chinês, e tem hoje um elenco ainda melhor que do ano anterior. Nas mãos de Manuel Pellegrini, Lavezzi, Aloísio e companhia têm condições de ir longe.  E dos pés do argentino podem sair os gols que confirmam o sucesso da equipe.

Photo Credit: http://www.osports.cn/

Comentários