Ir para o conteúdo principal

China Brasil Futebol

  1. Notícias >
  2. Guoan de Renato Augusto, Shandong de Gil e o duelo entre dois técnicos alemães

Guoan de Renato Augusto, Shandong de Gil e o duelo entre dois técnicos alemães

Roger Schmidt e Felix Magath comandam as equipes na China

Por Leonardo Hartung

O empate entre Beijing Guoan e Shandong Luneng por 2x2 no Workers Stadium de Pequim não foi somente mais uma grande partida no futebol chinês em 2017. O duelo também colocou frente a frente duas distintas gerações de treinadores. De um lado Roger Schmidt, 50 anos. Do outro Felix Magath, 64 anos. Em comum? Apenas a nacionalidade alemã.

O Guoan tem a terceira maior média de posse de bola da Super Liga, 53,7%. Mas pouco usufruía do fato de ter a bola nos pés. Dez dos 29 gols da equipe de Pequim na competição vieram nos cinco jogos comandados por Roger Schmidt.

Já o Shandong tem um sistema defensivo compacto que sofreu apenas 20 gols em 19 partidas, o menos vazado da Super Liga. A equipe de Jinan tem apenas a nona maior média de posse de bola, 49,6%, mas tem o melhor jogo aéreo da competição: 18,4 bolas vencidas por jogo e 59,2% de sucesso no jogo aéreo.

Escalações de Beijing Guoan (esq.) 2x2 Shandong Luneng (dir.) no sábado

Entram em conta também os jogadores que os técnicos têm em mãos. Roger Schmidt tem em Renato Augusto o homem que carrega a bola e distribui o jogo. Ao seu lado está Ralf, segundo jogador que mais desarma na Super Liga.

O Guoan também Zhang Xizhe, um dos mais habilidosos meias chineses, aberto na esquerda e um Jonathan Soriano com alta movimentação e velocidade no ataque. Não é raro ver o atacante espanhol buscando jogo distante dos zagueiros adversários.

Felix Magath tem Gil como ponto de equilíbrio na zaga. O ex-Corinthians é o estrangeiro do Shandong Luneng que mais jogou na atual temporada. Atrás do zagueiro da Seleção Brasileira está Wang Dalei, goleiro da Seleção Chinesa.

O foco no ataque é o italiano Graziano Pellé, que vence em média 7,5 duelos aéreos por jogo. Depois, o atacante distribui para Papiss Cissé ou Diego Tardelli. Não à toa, ambos têm mais gols marcados na temporada que o ex-atacante do Southampton.

O Beijing Guoan precisava de Roger Schmidt. E Felix Magath conduziu o Shandong a uma solidez defensiva após a temporada ruim em 2016. Ambas as equipes acertaram na escolha de seus treinadores. Seja ela ao acaso ou não.

 

Comentários