Ir para o conteúdo principal

China Brasil Futebol

  1. Notícias >
  2. Hulk marca duas vezes mas SIPG é eliminado da Champions Asiática

Hulk marca duas vezes mas SIPG é eliminado da Champions Asiática

Os brasileiros deram a vida mas a defesa vacilou contra o Kashima Antlers do Japão

O Shanghai SIPG lutou, batalhou, venceu, mas não pelo placar suficiente e está eliminado da Champions League da Ásia pelo Kashima Antlers em partida realizada na manhã desta quarta-feira (16) no Brasil.

Após ter perdido o primeiro jogo no Japão por 3x1 na semana passada, a vitória por 2x1 hoje não foi suficiente e pelo placar agregado (3x4) o time de Xangai parou nas oitavas de finais.

Sem Elkeson, Hulk e Oscar foram titulares e os grandes destaques do jogo, com o atacante paraibano ex-Porto e Zenit inclusive marcando os dois gols do time da casa.


O jogo

Com a necessidade da vitória, o SIPG sabia que precisava sufocar o Kashima desde o ínicio para poder conseguir a vitória por 2 gols de diferença necessária para avançar.

E o time teve o começo de jogo desejado aos 6 minutos, quando Hulk abriu o placar aproveitando a falha do zagueiro na pequena área.

O Estádio de Xangai começou a ferver com o gol brasileiro e com 50% da necessidade alcançada. 

Porém o que se imaginava um jogo de ataque contra defesa, mostrou-se o contrário.

Mesmo com a vantagem obtida no primeiro jogo reduzida pela metade, o Kashima conseguiu colocar a bola no chão e criar jogadas de perigo para a defesa do SIPG.

E no fim da primeira etapa a recompensa veio após o time japonês não se acovardar.

Jogada rápida pela esquerda e Koki Anzai cruzou para Shoma Doi, que de letra, empatou o partida e deu ainda mais tranquilidade a equipe japonesa.

Na segunda etapa o SIPG veio com muita vontade e procurando abafar o Kashima.

Oscar e Hulk eram os responsáveis pelas jogadas mais perigosas do time na etapa final.

Aos 12 minutos quase Hulk marca de primeira, mas o goleiro Kwoun Sun Tae fez grande defesa.

Com o tempo passando, a torcida do SIPG se mostrava bastante nervosa, assim como os jogadores em campo, que receberam cartão amarelo após reclamações ou faltas duras.

Uma nova chama de esperança surgiu aos 36 minutos, quando Gen Shoji colocou a mão na bola dentro da área.

O árbitro marcou pênalti e Hulk não vacilou na cobrança.

Apenas um gol levaria o jogo para a prorrogação, mas mais uma vez a equipe japonesa se portou muito bem diante de maior adversidade na partida.

Com muita consciência segurou o ímpeto do SIPG e evitou o terceiro gol para aos 50 minutos comemorar a passagem para as quartas de finais da Champions Asiática.

NÚMEROS

GUANZGHOU EVERGRANDE

TIANJIN QUANJIAN

POSSE DE BOLA

55%

45%

CHUTES

13

8

CHUTES AO GOL

7

2

ESCANTEIOS

6

1

IMPEDIMENTOS

2

2

PASSES

348

257

% DE ACERTOS DE PASSES

78%

71%

FALTAS 17 14

Comentários