Ir para o conteúdo principal

China Brasil Futebol

  1. Notícias >
  2. Marcello Lippi, Felix Magath e as semelhanças com o novo Jiangsu Suning de Fabio Capello

Marcello Lippi, Felix Magath e as semelhanças com o novo Jiangsu Suning de Fabio Capello

Equipe de Ramires e Alex Teixeira perdeu na estreia do treinador italiano

Por Leonardo Hartung

Técnico italiano bem sucedido acerta com clube chinês para substituir treinador sul-coreano, leva ex-atletas de sucesso em sua comissão técnica junto com um bom ex-jogador chinês. Falo de Fabio Capello, mas poderia estar me referindo a Marcello Lippi. Assim como ocorreu no Cantão, Nanjing pode sentir uma verdadeira revolução na principal equipe da cidade.

Cinco anos separam as chegadas dos italianos em Jiangsu Suning e Guanghzou Evergrande. As semelhanças acabam por aí. Fabio Capello encontra uma equipe na zona de rebaixamento da Super Liga da China, desesperada para crescer no cenário nacional. O italiano será o terceiro treinador desde a aquisição do clube pelo Grupo Suning em dezembro de 2015.

A chegada de Capello à China também se assemelha à chegada de Felix Magath ao Shandong Luneng. O alemão de 63 anos encontrou sua equipe na zona de rebaixamento e iniciou uma série de testes para encontrar a formação e o elenco ideais. O Shandong se manteve na Super Liga e tem em 2017 desempenho bem superior ao apresentado no ano anterior.

A primeira tarefa para Fabio Capello será encontrar um esquema para o Jiangsu Suning. Na temporada, a equipe variou entre 5-3-2 e 4-4-2. Sempre buscando os contra-ataques, o Jiangsu tem dificuldades na criação das jogadas e depende, e muito, dos gols de Ramires e Alex Teixeira.

O italiano de 71 anos tem como marca o gosto pelo que chama de “meio-campista inteligente que está no lugar certo pronto para dar o passe certo.” No atual elenco do Jiangsu Suning pode ser a grande oportunidade para o capitão Wu Xi, meia de 28 anos e principal jogador chinês da equipe. O camisa 22 é o melhor passador e criador dentro do elenco.

Mas o Jiangsu encontra problemas na qualidade de seus jogadores nacionais. Tanto que Wu Xi foi o único representante da equipe de Nanjing na última convocação de Marcello Lippi. Segundo a imprensa chinesa, não se descarta a possibilidade de novos reforços no clube.

Assim como o hoje técnico da Seleção Chinesa e Magath foram importantes no Cantão e em Jinan, Fabio Capello pode ser o ponto de partida para uma evolução do Jiangsu Suning. Apesar da derrota na estreia contra o Changchun Yatai, o futuro parece promissor em Nanjing. A experiência de Capello será muito útil ao Jiangsu.

 

Comentários