Ir para o conteúdo principal

China Brasil Futebol

  1. Notícias >
  2. Pesquisa aponta: Grande maioria dos consumidores de futebol chinês são jovens de 16 a 25 anos

Pesquisa aponta: Grande maioria dos consumidores de futebol chinês são jovens de 16 a 25 anos

Aplicativo Siki Soccer divulga pesquisa com seus consumidores na China

Buscando entender mais sobre quem consome o futebol na China, o aplicativo Sike Soccer resolveu fazer uma pesquisa com os seus consumidores.

Com uma triagem de 119,421 pessoas entrevistadas, o app que dispõe basicamente de notícias e streamings da Super Liga da China, obteve algumas respostas de quem utiliza o recurso em seus smartphones e tablets.

A primeira pergunta relevante foi a idade de quem assiste e acompanha notícias do Chinesão pelo aplicativo.

E em primeiro lugar está o grupo de 16-25 anos, o que não é surpresa pois esse é o público de maior uso de aplicativos de celular e que se vê na arquibancada de jogos da Liga.

A próxima pergunta foi o que mais interessa aos consumidores no que diz respeito ao torneio nacional.

E os streamings de partidas ganhou disparado, inclusive com mais de 75% do interesse dos consumidores.

Notícias e estatísticas ficaram em segundo e terceiro lugar, respectivamente. Na sequência vem entrevistas e melhores momentos.

A terceira pergunta foi sobre a opinião de quem utiliza o Sike Soccer no que diz respeito aos preços dos ingressos cobrados na China.

E a resposta foi equilibrada entre esses que acham o valor justo e outros dizendo que é ainda um pouco caro.

Outras respostas foram: Só vou ao estádio com ingresso gratuito, é barato ou outros que acham que está muito caro.

E a última pergunta, foi questionando os espectadores sobre quanto eles estariam dispostos a pagar para assistir jogos da Liga Chinesa online, no sistema “pay-per-view”.

E a grande maioria deixou claro que não está disposta ainda a pagar nenhum valor para assistir jogos da Super Liga.

Transmissões grátis na internet e na TV aberta de partidas do campeonato são bastante comuns na China, portanto os entrevistados ainda não estão dispostos a ter que pagar para ver seus jogos preferidos.

Entretanto essa ideia pode mudar aos poucos, pois a pesquisa mesmo sendo feita apenas com quem usa o app, já mostra que grande parte de quem consome o futebol na China são de jovens.

Então a ideia que no mundo já está tão estabelecida do “pay-per-view” no futebol irá demorar um pouco para ser implementada entre os chineses.

Principalmente pois o grande “boom” do futebol chinês está acontecendo justamente no momento em que transmissões em sites e aplicativos grátis de eventos esportivos são bastante comuns e com isso alguns torcedores acompanham o futebol na China dessa maneira.

Comentários