Ir para o conteúdo principal

China Brasil Futebol

  1. Notícias >
  2. Presidente do Boca Juniors ameaça ir ao Tribunal Arbitral do Esporte por dinheiro de Tévez

Presidente do Boca Juniors ameaça ir ao Tribunal Arbitral do Esporte por dinheiro de Tévez

Shenhua confirmou dívida de três milhões de dólares ao clube argentino

Por Leonardo Hartung

O presidente do Boca Juniors, Daniel Angelici, revelou ao veículo argentino TyC Sports que o clube xeneize não recebeu U$ 3 milhões (R$ 9,4 milhões) relacionados à transferência do atacante Carlos Tévez ao Shanghai Shenhua.

Segundo Daniel Angelici, o clube de Xangai pagou a primeira parcela referente ao jogador em junho. Mas acrescentou que o Shenhua nunca respondeu a uma demanda pelo pagamento enviada por e-mail.

Ainda à imprensa argentina, o presidente do Boca Juniors ameaçou ir ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) em Lausanne, na Suíça, para cobrar a dívida. Por outro lado, a equipe chinesa confirmou a existência do débito e afirmou que irá efetuar o pagamento nos próximos dois meses.

Carlos Tévez assinou um contrato de dois anos com o Shanghai Shenhua em dezembro de 2016. A equipe de Xangai pagou na época U$ 11 milhões ao Boca Juniors (R$ 35,8 milhões). Em 15 jogos na temporada 2017, Tévez marcou apenas dois gols e deu quatro assistências.

 

Comentários