Ir para o conteúdo principal

China Brasil Futebol

  1. Notícias >
  2. Retrospectiva 2018: Campanha dos clubes chineses na Champions League da Ásia

Retrospectiva 2018: Campanha dos clubes chineses na Champions League da Ásia

Com quatro equipes chinesas, o Tianjin Quanjian foi o que chegou mais longe na competição

Dando sequência a retrospectiva do futebol chinês na temporada, chegou a hora de falar sobre a campanha de Guangzhou Evergrande, Shanghai SIPG, Tianjin Quanjian e Shanghai Shenhua na Champions League da Ásia.

Das quatro equipes chinesas que participaram da competição em 2018, o Quanjian foi a que chegou mais longe, caindo nas Quartas de Final para o futuro campeão Kashima Antlers.

O times japonês derrotou o iraniano Persepolis com um placar agregado de 2x0 para levantar a taça de clubes mais importante da Ásia e garantir vaga no próximo Mundial de Clubes FIFA. 


Vamos aos chineses:

Guangzhou Evergrande

A equipe do técnico Fabio Cannavaro esteve no Grupo G com Buriram, Cerezo Osaka e Jeju United.

Passou a fase de grupos com certa facilidade e sem derrota. Foram 3 vitórias e 3 empates nas seis rodadas.

Nas oitavas de final enfrentou o Tianjin Quanjian e foi eliminado pelo critério dos gols marcados fora de casa, já que no Cantão foi 2x2 e a volta não saiu de um 0x0.


Shanghai Shenhua

A equipe de Xangai caiu ainda na fase de grupos ao terminar na última posição do Grupo H com 5 pontos em seis rodadas.

Suwon Bluewings, Kashima Antlers e Sydney FC eram as demais equipes do grupo e o Shenhua conseguiu incríveis 5 empates e uma derrota, saindo do torneio sem vitória.


Shanghai SIPG

Semifinalista de 2017, esperava-se muito do SIPG na Champions desta temporada, porém a equipe não conseguiu ir além das Oitavas de Final.

Na fase de grupos o time até foi bem, quando passou em primeiro no Grupo F com Ulsan Hyundai, Melbourne Victory e Kawasaki Frontale.

Porém nas Oitavas enfrentou o futuro campeão Kashima Antlers e foi eliminado após perder fora de casa por 3x1. Na partida na China o SIPG até chegou a vencer por 2x1, mas foi eliminado no placar agregado.


Tianjin Quanjian

Sem sustos no Grupo E, quando passou em segundo com 13 pontos, só atrás de Jeonbuk Hyundai e a frente de Kashiwa Reysol e Kitchee.

Nas oitavas passou pelo rival chinês Evergrande e caiu nas Quartas para o Kashima Antlers com derrotas tanto na China como no Japão.

Foi a primeira vez que a equipe de Alexandre Pato disputou a Champions e conseguiu chegar até as Quartas, fazendo assim uma campanha muito honrosa.
 

Comentários