Ir para o conteúdo principal

China Brasil Futebol

  1. Notícias >
  2. Wuhan Zall, time de Marcelo Moreno, almeja crescer junto com o futebol do país

Wuhan Zall, time de Marcelo Moreno, almeja crescer junto com o futebol do país

Equipe tem oito anos de existência e frequentou a elite chinesa por uma temporada

Foto: Arquivo Pessoal

Por Leonardo Hartung

Nos últimos anos, o futebol chinês tem se tornado sinônimo de dinheiro e transações milionárias. Mas por trás das cifras está um país que busca desenvolver seu esporte. “Nosso objetivo principal não é enfraquecer as demais ligas ou concentrar as maiores transações do mercado mundial. Na verdade, o dinheiro não é o mais importante para nós”, afirma Sun Wan Hao, diretor de futebol do Wuhan Zall.

A cidade de Wuhan é a capital da província de Hubei, que fica a cerca de mil quilômetros de Pequim, capital chinesa. O time da cidade está na Liga Um Chinesa, segunda divisão do país, e conta com o atacante boliviano Marcelo Moreno. Em entrevista ao GloboEsporte.com, Sun Wan Hao defende o processo desenvolvimentista do futebol chinês e vê o país no caminho certo.

- O mais importante é elevar o nível dos atletas chineses e deixar um legado de excelência ao futebol para aperfeiçoarmos cada vez mais o esporte no nosso país. Esse grande investimento inicial é necessário, primeiramente com a vinda de jogadores qualificados e renomados e, agora, com um intercâmbio muito interessante de comissões técnicas e outros profissionais que enriqueçam cada vez mais os aspectos táticos, técnicos e físicos do futebol chinês.

A ambição chinesa não fica apenas no âmbito das contratações e desenvolvimento das estruturas. O projeto do país também inclui melhorias nas categorias de base e altas expectativas nas futuras gerações do futebol chinês.

- O investimento nas categorias de base também é muito grande por aqui. No Wuhan Zall, por exemplo, temos as categorias sub-19, sub-17, sub-15 e sub-13. Assim como o nosso clube, os demais também estão se preparando para fornecer à Seleção Chinesa safras cada vez melhores de jogadores. E, por que não, passarmos a exportar os nossos atletas?

Oitavo colocado na atual edição da Liga Um Chinesa, o Wuhan Zall busca retornar à Super Liga da China, sem se deslocar do projeto nacional. A equipe disputou a elite chinesa uma única vez em sua história, na temporada 2013. Para Sun Wan Hao, o crescimento do esporte tende a se intensificar e render grandes frutos em breve.

- O planejamento para que o futebol chinês se torne gigante envolve todo o país, e esse crescimento inicial nos faz acreditar que estamos no caminho certo para virarmos referência futebolística em todos os aspectos, principalmente quando nossos jovens talentos tiverem uma formação melhor.

Comentários